ESTADO DE ALAGOAS
Você está aqui: Página Inicial Notícias DER trabalha na recuperação de pontes nas cidades atingidas pela chuva

DER trabalha na recuperação de pontes nas cidades atingidas pela chuva

Uma ponte foi entregue e outras obras estão em execução

DER trabalha na recuperação de pontes nas cidades atingidas pela chuva

(Foto: Ascom/DER)

Kassia Nobre e Acássia Deliê

O Programa de Reconstrução irá recuperar 58 pontes para garantir a normalidade aos moradores que sofreram com a enchente de junho. Além da recuperação de pontes, o Programa irá reconstruir estradas e vicinais.

As obras foram divididas em lotes dentro dos contratos de emergência com recursos enviados pelo governo federal, da ordem de R$ 160 milhões.

Atualmente, o governo de Alagoas, por meio da Secretaria de Estado da Infraestrutura (Seinfra) e do Departamento de Estradas de Rodagem de Alagoas (DER\AL), trabalha para recuperar e reconstruir pontes nas cidades de Rio Largo, Santana do Mundaú, Branquinha, Viçosa, Cajueiro e Quebrangulo.

Os moradores da cidade de Rio Largo já puderam conferir a recuperação da Ponte de acesso à Ilha Angelita, entregue no início de outubro. “A Ponte Angelita já foi liberada para pedestres e veículos de pequeno e grande porte, inclusive com um novo passeio e guarda-corpo, parte da ponte que os pedestres podem passar com mais segurança”, esclarece o engenheiro Marcelo Góes da Silva.

Rio Largo tem funcionários a serviço do DER trabalhando na Ponte do Riachão, uma das principais pontes da região, que dava acesso a uma das saídas da cidade por meio da rodovia BR-101. A obra está estimada em R$ 6,3 milhões.

Na cidade de Santana do Mundaú, o DER trabalha na Ponte Nova, que dá acesso ao Povoado Munguba. Estimada em R$ 2 milhões, as obras iniciaram com a demolição da antiga ponte que foi destruída pelas chuvas.

Outra cidade que as obras foram iniciadas foi Branquinha, onde a comunidade pode acompanhar as ações na Ponte sobre o Rio Branca, orçada em R$2,8 milhões. Já na cidade de Viçosa, a Ponte Quinta da Serra também está em obras. A Ponte Flor de Cajueiro, em Cajueiro, e a Ponte Frederico Maia Filho, em Quebrangulo, também já tiveram suas obras avançadas.

O início das próximas obras acontecerá no começo do mês de dezembro. A previsão é que até o final de janeiro, as obras que estão sendo executadas, sejam concluídas.

Garantia de Recursos - O secretário de Estado da Infraestrutura, Fernando Nunes, explica que o prazo do convênio com o Ministério da Integração Nacional, assinado em junho de 2010, é de 360 dias (um ano). O Ministério da Integração Nacional foi o órgão do governo federal que repassou os R$ 200 milhões para obras emergenciais.

Algumas obras já estão avançadas ou já foram entregues à população, como a ponte de acesso à Ilha Angelita, em Rio Largo. Outras estão em andamento ou sendo iniciadas.

Por isso, conforme o secretário, tanto o Estado de Alagoas como o de Pernambuco, também atingido pelas enchentes, já entraram em contato com o Tribunal de Contas da União (TCU) e estão tomando as providências para solicitar a prorrogação deste prazo inicial para execução das obras emergenciais por mais 180 dias.

"Isso garantirá a aplicação dos recursos federais e a execução das obras emergenciais dentro do prazo de convênio assinado com o Ministério da Integração Nacional", esclarece.

Ações do documento

telefones-uteis.jpg

prestacao-de-contas.jpg

 
Estado de Alagoas
Coordenação do Programa de Reconstrução
Palácio República dos Palmares - Rua Cincinato Pinto, s/n - Centro - Maceió - AL
CEP 57020-050
+55 82 3315.2022/3315.2016