ESTADO DE ALAGOAS
Você está aqui: Página Inicial Notícias Escola em Rio Largo está em fase de conclusão

Escola em Rio Largo está em fase de conclusão

Secretário mostrou andamento das obras a representantes do MPE, CGE, CGU, Sinteal e Conselho do Fundeb

Escola em Rio Largo está em fase de conclusão

O secretário Rogério Teófilo informou que a escola será entregue ao município totalmente equipada (Foto: Valdir Rocha)

Ricardo Moresi

Uma comissão liderada pelo secretário de Estado da Educação e do Esporte, professor Rogério Teófilo, visitou na terça-feira (12) a Escola Municipal de Educação Básica Industrial Luigi Bauducco, uma das unidades escolares do Programa da Reconstrução, localizada em Rio Largo. Esta escola está em fase de conclusão, foi construída no formato pré-moldado, possui segurança contra fogo, conforto térmico e acústico e alta resistência a impactos [desempenho estrutural].

Segundo Teófilo, na construção desta escola, foi utilizado novo modelo adotado pelo Ministério da Educação (MEC). “A escola está praticamente pronta. Teremos 35 escolas neste formato. Esta unidade será entregue ao município de Rio Largo totalmente equipada”, destacou.

O engenheiro responsável pela obra, Marcos José Santos, revelou que falta apenas instalar os para-raios, as bancadas dos banheiros e as pias. “A previsão é que dentro de aproximadamente uma semana ela esteja concluída”, antecipou.

O presidente do Conselho do Fundeb no Estado, Milton Canuto, disse que este tipo de estrutura é novidade na construção de uma escola, mas destacou rapidez no processo. “Percebo que é bem prático. O modelo construtivo permite agilidade no fazer e conforto para os estudantes que serão beneficiados”, enfatizou.

O promotor de justiça Ubirajara Ramos comentou que o sistema utilizado para construir a escola já é utilizado em outros países. “As salas são amplas, o ambiente é aprazível, há amplo espaço de recreação. A escola é bonita e possui ótima estrutura”, ponderou. A promotora Cecília
Carnaúba também representou o MPE na visita.

Sistema construtivo

A escola foi construída por meio do sistema construtivo que tem o conceito de estrutura sanduíche, ou seja, os painéis em lâminas são fabricados por um processo que mistura laminação contínua com prensas de baixa pressão.

Tais painéis resultam da combinação de materiais e formam as paredes e forro do sistema construtivo denominado Wall System, reconhecido por reconhecidos centros de pesquisa e universidades brasileiras. A utilização desses painéis possibilita um método de montagem mais rápido e eficiente e elimina a geração de resíduos.

Estrutura

A escola é composta por um bloco pedagógico, sala de informática e de leitura, um bloco administrativo, onde ficarão a direção da escola, o arquivo, a secretaria, o almoxarifado e sala dos professores, além de um bloco de serviço, com banheiros masculinos e femininos, cozinha, despensa, área de serviço, vestiário e material de limpeza.

Retrospecto

Para efetuar o processo de reconstrução de prédios escolares e aquisição de equipamentos destruídos pelas enchentes que atingiram as cidades dos Vales do Mundaú e do Paraíba, Alagoas recebeu recursos do Ministério da Educação (MEC), no montante superior a R$ 122 milhões.
A contratação das empresas que detêm os sistemas construtivos alternativos, que trabalham com o sistema de pré-moldados, foi feita por uma Comissão Especial do Ministério da Educação nomeada para acompanhar estes processos licitatórios.

Ações do documento

telefones-uteis.jpg

prestacao-de-contas.jpg

 
Estado de Alagoas
Coordenação do Programa de Reconstrução
Palácio República dos Palmares - Rua Cincinato Pinto, s/n - Centro - Maceió - AL
CEP 57020-050
+55 82 3315.2022/3315.2016