ESTADO DE ALAGOAS
Você está aqui: Página Inicial Notícias Reconstrução avança após cobrança do Governo

Reconstrução avança após cobrança do Governo

Secretário de Estado da Infraestrutura, Marco Fireman, voltou a se reunir com empresários e destacou qualificação de profissionais da construção civil

Reconstrução avança após cobrança do Governo

Dados da Reconstrução foram apresentados a técnicos da Seinfra e das empresas responsáveis pelas obras (Foto: Ascom Seinfra)

Acássia Deliê

Das 29 obras habitacionais contratadas pelo Programa da Reconstrução em Alagoas, 23 já foram iniciadas e seguem em ritmo satisfatório. As informações são da Caixa Econômica Federal e foram apresentados na manhã desta quarta-feira (2), durante reunião entre representantes da Secretaria de Estado da Infraestrutura (Seinfra) e das empresas responsáveis pelas obras.

O avanço no ritmo dos trabalhos se deu após uma série de cobranças do governo do Estado, que chegou a solicitar da Caixa, em dezembro de 2010, o cancelamento dos contratos com empresas que não haviam iniciado as construções. Para o titular da Seinfra, Marco Fireman, embora não seja responsável direto pela administração das obras, o Estado tem obrigação social de acompanhar o seu andamento.

“O que percebemos ao vistoriar as obras foi que algumas empresas haviam entendido a urgência das obras emergenciais, enquanto outras não deram a prioridade necessária. O governo do Estado, então, reuniu e cobrou responsabilidade das empresas com as pessoas que continuam nos abrigos provisórios e já estamos colhendo os resultados”, avaliou Fireman.

Segundo José Nogueira, novo presidente do Sindicato das Indústrias da Construção Civil de Alagoas (Sinduscon-AL), é necessário ainda uma maior integração entre as empresas executoras e os órgãos públicos envolvidos no processo de reconstrução. “Vamos buscar um diálogo maior junto ao poder público para agilizar ainda mais as construções das infraestruturas”, disse José Nogueira.

Também participaram da reunião desta quarta-feira o secretário adjunto da Seinfra, Fernando Nunes, o diretor-presidente do Departamento de Estradas de Rodagem (DER), Marcos Vital, o superintendente da Caixa em Alagoas, Gilberto Occhi, e outros representantes de órgãos e instituições envolvidos no Programa da Reconstrução.

Qualificação profissional - Durante a reunião, o secretário Marco Fireman também destacou o investimento realizado pelo governo estadual para a qualificação profissional de trabalhadores do setor da construção civil. A falta de mão de obra qualificada vem sendo apontada pelos empresários como um dos principais gargalos para a efetivação da grande quantidade de obras em andamento no Estado.

No dia 31 de janeiro, integrantes do Governo e da Federação da Indústrias em Alagoas discutiram propostas para o convênio com o Senai, que garante a realização de cursos de qualificação profissional para centenas de trabalhadores. Para isso, o Estado conta com recursos do governo federal da ordem de R$ 8 milhões, concedidos em caráter emergencial para serem destinados exclusivamente à capacitação de profissionais que atuam na Reconstrução.

“A falta dessa mão de obra qualificada é verificada na maioria dos empreendimentos. Por isso, estamos capacitando os próprios alagoanos, contribuindo para reduzir ainda mais o nível de desemprego”, avaliou Fireman.

Os cursos de qualificação serão ofertados nas unidades do Senai espalhadas por todo o Estado. Na área da construção civil, os cursos serão para eletricista, pintor, gesseiro, encanador e carpinteiro, consideradas com maior demanda de profissionais. As inscrições serão feitas tanto pelo Senai, como pela Secretaria de Estado do Trabalho, Emprego e Renda (Seter).

Ações do documento

telefones-uteis.jpg

prestacao-de-contas.jpg

 
Estado de Alagoas
Coordenação do Programa de Reconstrução
Palácio República dos Palmares - Rua Cincinato Pinto, s/n - Centro - Maceió - AL
CEP 57020-050
+55 82 3315.2022/3315.2016